Fora Bolsonaro e liberdade para Lula: palavras de ordem que se complementam, por Henrique Áreas