Tição, Programa de Preto nº 47 – Apropriação cultural